Atualizado terça-feira, 07/10/2014 |21:24

Aécio diz que proposta de governo é ‘sempre aberta a contribuições’


O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, afirmou nesta terça-feira (7) em São Paulo, que o programa de governo “é uma proposta sempre aberta a novas contribuições” e que vê “convergências importantes” entre as propostas dos programas da candidata derrotada no primeiro turno, Marina Silva (PSB), e as do PSDB. Ele afirmou que agora, no segundo turno, sua candidatura não é mais de um partido, mas que “representa o sentimento amplo de mudança que hoje permeia a sociedade brasileira”.

Marina ficou em terceiro lugar na votação do primeiro turno, atrás de Aécio e da presidente Dilma Rousseff. A candidata do PSB teve 21% dos votos válidos. Ela ainda não declarou quem vai apoiar no segundo turno. Nesta segunda (6), Aécio já havia dito que tem pontos “convergentes” com as propostas do PSB.

Durante visita a canteiro de construções de prédios na Zona Sul da capital, Aécio conversou com trabalhadores da construção civil e afirmou que seu governo promoverá “a retomada do crescimento” e a geração de empregos. Ele estava acompanhado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do senador eleito José Serra e de deputados aliados.

“Eu vejo inclusive que há convergências importantes entre as propostas do programa de governo de governo da candidata Marina e as nossas. Agora,  é uma questão que não depende de mim (receber propostas de outros partidos). Temos que respeitar o tempo e as discussões internas de cada um daqueles que se posicionaram em uma direção no primeiro turno. O segundo turno é sim o momento das convergências, das aproximações. Vamos aguardar com muito respeito a movimentação dos outros candidatos”, afirmou.

Radio Princesa