Atualizado sexta-feira, 14/07/2017 |12:50

Semarh está finalizando edital para desassorear o Canal do Piató

A notícia é do site da Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Rio Grande do Norte


A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), está trabalhando nos últimos detalhes do edital de contratação das obras de desassoreamento do Canal do Piató, localizado no município de Assú. O projeto de desassoreamento foi elaborado pela própria secretaria e consiste na retirada de areia de pontos críticos, onde os levantamentos topográficos indicaram a necessidade de sua realização. O Canal do Piató foi construído para garantir que a Lagoa do Piató, importante centro pesqueiro, possa receber continuamente água proveniente do Piranhas-Açu, em períodos de invernos normais, quando o leito do rio estiver num volume considerável. De acordo com Ivan Júnior, Secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, essa ação vai proporcionar à manutenção das atividades ligadas à pesca e à agricultura.

É uma garantia para as famílias que moram no entorno e sobrevivem dessas atividades”, disse.

O Coordenador Técnico da Semarh, Ranielle Linhares, explica que, quanto aos materiais dragados, a ideia inicial é que sejam utilizados para cobertura de lixões ou doados às prefeituras da região para uso como colchão de areia nos pavimentos com paralelepípedos ou como insumo nas obras de engenharia civil. A Lagoa do Piató está integrada à Floresta Nacional de Açu (Flona), uma das 313 Unidades de Conservação geridas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).  É considerada o maior reservatório natural do Estado do Rio Grande do Norte.