Segurança Pública

Atualizado quarta-feira, 13/07/2016 |15:30

Titular da SESED cumpriu agenda em Assú

Em Assú, Ronaldo Lundgren visitou a Delegacia de Polícia Civil, o Batalhão de Polícia Militar e o Posto Policial do Panon


Na próxima semana duas novas viaturas zero quilômetro estarão reforçando o trabalho dos policiais militares do 10º BPM em Assú. A notícia foi dada pelo Major PM Francisco de Assis dos Santos comandante geral do citado batalhão nesta quarta-feira, dia 13 de julho. Esse é um dos efeitos decorrentes da vinda do secretário titular da pasta de Segurança Pública e Defesa Social do RN, general de Brigada Ronaldo Pierre Cavalcanti Lundgren ao Assú. O secretário cumpriu agenda oficial no município onde visitou a Delegacia de Polícia Civil, o Posto Policial da comunidade rural de Panon o qual está fechado, mas deverá ser reaberto ainda em julho, e o 10º BPM no bairro Farol onde se reuniu com policiais militares e civis para ouvir dos seus representantes as respectivas demandas.

Por parte da Polícia Civil uma das reivindicações apresentadas pelo delegado Marcelo Aranha foi a instalação de uma delegacia especializada no atendimento as mulheres vítimas de violência além da implantação de uma Delegacia Regional em Assú. Essa última é item de pauta antiga. Segundo Ronaldo Lundgren não há no momento como dizer quando efetivamente esse projeto se concretizará, uma vez que seu intento é apresentar ao governador do Estado do Rio Grande do Norte Robinson Faria (PSD) e consequentemente a população potiguar o que acredita ser possível cumprir. Esse parece não ser o caso da regional.

Para se ter uma ideia o funcionamento de uma Delegacia Regional de Polícia Civil em Assú, evitaria por exemplo, o deslocamento de uma vítima de assalto para confeccionar um Boletim de Ocorrência na cidade de Mossoró, ou a ida da Polícia Militar para a mesma cidade a fim de lavrar um Auto de Prisão em Flagrante deixando Assú com uma equipe a menos de policiais. Isso acontece quando a ocorrência se verifica após às 18h momento em que a DP local está fechada devido ao expediente externo ter sido concluído.

Não tenho dúvida que há necessidade de Assú ter uma delegacia regional. Mas, no momento espero a conclusão do Plano de Segurança Pública que será apresentado ao governador Robinson Faria para que eu não me precipite e diga alguma coisa que não possa cumprir”, ressaltou o secretário acrescentando que pretende implantar no município o Honda Cidadã que já está em execução em Natal. O programa Ronda Cidadã se destina às ações de polícia comunitária, promovendo abordagens com foco no acolhimento, na inclusão social e na cidadania, sem, contudo, descuidar-se do policiamento repressivo, de forma qualificada.

Outras reivindicações foram apresentadas por parte da Polícia Civil como o reforço no armamento e a vinda de mais uma viatura descaracterizada. Durante a sua fala quando também apresentou dentre outros um balanço dos crimes de homicídio registrados em 2015 e 2016 em Assú, Carnaubais e Itajá, além da quantidade de inquéritos nos municípios citados o delegado Marcelo Aranha disse ao secretário que a viatura descaracterizada a qual Polícia Civil dispõe hoje está mais conhecida do que as caracterizadas.

A Polícia Militar também apresentou as suas necessidades e o resultado do trabalho que tem realizado na cidade e região. Participaram do encontro no auditório do 10º BPM além de policiais militares e agentes da Polícia Civil, representantes da imprensa local além do vereador Antonio José de Souza e o prefeito de Assú Ivan Lopes Júnior entre outros.