Esporte

Atualizado quarta-feira, 20/07/2016 |11:56

RN terá 14 representantes nas Paralimpíadas do Rio

Jogos acontecem em setembro


O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciou nesta terça-feira (19) a convocação de 278 atletas para os Jogos Paralímpicos Rio 2016. É a maior delegação que já representou o país em uma Paralimpíada. O evento que revelou os nomes dos escolhidos aconteceu no recém-inaugurado Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP) e contou com a presença dos novos Embaixadores Paralímpicos, os atores Cleo Pires e Paulo Vilhena e o empresário José Victor Oliva. Ao todo, 14 potiguares estarão nos Jogos em setembro, sendo 11 atletas, um treinador e dois médicos. O estado terá mais representantes na natação. Nesse esporte, são quatro atletas – Clodoaldo Silva, Edênia Garcia, Joana Neves e Rildene Fonseca. No judô, mais três atletas potiguares (Abner Nascimento, Arthur Silva e Hallisson Boto). Os outros representantes do Rio Grande do Norte nos jogos são Thalita Simplicío e Felipe Veloso (atletismo), Terezinha Mulato (halterofilismo) e Ana Raquel no Triatlo. Carlos Willians irá integrar a comissão técnica do haterofilismo e Roberto Vital e Rodrigo Braga o quadro médico. Pela primeira vez na história, o país terá representantes em todas as 22 modalidades que compõem o programa dos Jogos Paralímpicos. Ao todo, serão 181 homens e 97 mulheres com a tarefa de atingir a meta de ficar entre os cinco melhores no quadro geral de medalhas. O objetivo foi estabelecido após a sétima posição nos Jogos de Londres-2012 (21 medalhas de ouro, 14 de prata e oito de bronze – 43 no total).

Materializar a delegação dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 é um momento muito importante para o Comitê Paralímpico Brasileiro. Será a maior e melhor delegação paralímpica brasileira de todos os tempos. Estamos muito orgulhosos, pois também será a primera vez que estaremos em 100% das modalidades que compõem o programa paralímpico, também por ser o país-sede. Estamos ansiosos para entrar na Vila dos Atletas com esta delegação”, disse o presidente do CPB e vice-presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês), Andrew Parsons. Os 278 atletas paralímpicos contarão com o melhor elenco de apoio possível e estarão acompanhados de 16 atletas-guia (atletismo), três calheiros (bocha) e mais dois goleiros (futebol de 5). Serão ainda auxiliados por 195 oficiais técnicos, que completam as 494 pessoas que compõem a delegação do Brasil na Vila dos Atletas, no Rio. O grupo selecionado pela direção técnica do CPB tem diversas conquistas no currículo. Grandes medalhistas paralímpicos, como Daniel Dias, Clodoaldo Silva, Andre Brasil (natação), Terezinha Guilhermina e Yohansson do Nascimento (atletismo) estão na lista. Ao todo, são 44 atletas de 11 modalidades distintas que já subiram ao pódio em Paralimpíadas e tentarão repetir a conquista no Rio de Janeiro. Os Jogos Paralímpicos Rio 2016 serão disputados entre os dias 7 e 18 de setembro, no Rio de Janeiro. Mais de 4 mil atletas de 176 países são esperados para a disputa de 528 medalhas. O dia 19 de julho foi escolhido para o evento de convocação do Comitê Paralímpico Brasileiro pois marca os 50 dias para a abertura da Paralimpíada carioca.

Embaixadores paralímpicos

O Programa de Embaixadores do CPB foi lançado no ano passado com o objetivo de atrair mais atenção para o movimento paralímpico. Com as chegadas de Cleo Pires, José Victor Oliva e Paulo Vilhena, agora são 13 os embaixadores: Fernanda Lima, Rodrigo Hilbert, Emerson Fittipaldi, Flavio Canto, Luiz Severiano Ribeiro, Romário, Ronaldinho Gaúcho, Gustavo Kuerten, Nizan Guanaes e Ayrton Senna (in memoriam). Conteúdo do portal Sou Mais RN.