Polícia

Atualizado segunda-feira, 18/07/2016 |09:34

Fim de semana sangrento no Vale do Açu

Homicídios em Alto do Rodrigues e Itajá. Tentativas de homicídio em Assú uma delas seguida de morte


O Vale do Açu tem sido se tornado palco para cenas de violência nos últimos dias. Em uma semana quatro pessoas foram assassinadas só em Assú e outras seis sofreram atentados contra a vida. Em Ipanguaçu, Alto do Rodrigues e Itajá a violência também ceifou vidas. Nos dois últimos municípios citados, a polícia registrou mortes causadas pela utilização de arma de fogo.

Alto do Rodrigues

Na manhã do último sábado, dia 16 as margens da RN 118 entre Alto do Rodrigues e Pendências foi encontrado crivado de balas o corpo de Niedson Luiz Moura da Silva. Segundo a polícia havia sinais de perfuração por projéteis na cabeça da vítima.

Itajá

Erivelton Ribeiro de Lima (21) natural de Mossoró foi atingido por uma saraivada de balas no centro da cidade de Itajá no início da noite do sábado. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Regional Dr. Nelson Inácio dos Santos, em Assú mas não resistiu aos ferimentos.

Assú

1 – Na madrugada de domingo (17), por volta das 03h um homem identificado pelo nome de Francisco das Chagas, foi esfaqueado por uma mulher. Informações dão conta que a agressora é companheira da vítima. A identificação da acusada não foi revelada. Ela teria reagido as agressões de Francisco das Chagas segundo informações da polícia.

2 – Ainda em Assú no bairro Dom Elizeu, Leonardo Damasceno da Silva foi atingido por vários disparos de arma de fogo em plena luz do dia. Populares informaram que a vítima foi encurralada por três indivíduos por trás do prédio da antiga Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Açu (AMVALE). As primeiras notícias davam conta que Cabeça como a vítima é conhecida teria morrido no local depois de ser baleado o que não foi confirmado. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Regional Dr. Nelson Inácio dos Santos que fica próximo onde o fato foi registrado. Nos dois atentados ocorridos em Assú, uma das vítimas não resistiu aos ferimentos e morreu.  Leonardo Damasceno da Silva, foi a quinta pessoa morta em menos de dez dias na cidade.