Polícia

Atualizado quinta-feira, 09/06/2016 |08:18

Dois indivíduos envolvidos na morte do empregado de um circo na zona rural de Assú foram presos em Porto do Mangue

Os procedimentos foram realizados na Delegacia de Plantão em Mossoró


É do site de notícias policiais O Câmera, notícia dando conta que Geovanio Neves do Nascimento, pescador de 29 anos de idade, natural de Goiana em Pernambuco e um adolescente de apenas 16 anos de idade, foram sob a acusação de participação na morte de Milton Rocha de Medeiros, de 52 anos de idade, baleado durante uma briga dentro de um circo, na localidade de Poré, zona rural de Assú, no final de semana passado. Segundo informações da mesma fonte a briga envolveu Milton, “empregado”, Francisco Rilder de Oliveira, “dono do circo” e uma mulher de nome Erineide Alves de Oliveira Silveira, ex- de Rilder e namorada de Milton. A polícia não confirmou se a briga foi por causa da mulher, mas segundo informações, ela e o ex-marido foram feridos a golpes de faca por Milton, que trabalhava no circo, que foi baleado durante a briga e morreu a caminho do hospital de Assú. Geovanio nega e disse que durante a briga, Milton, o empregado, estava golpeando o dono do circo com uma faca e outra pessoa tomou o revólver que estava com ele e atirou no empregado que morreu. O pescador, juntamente com o adolescente, foi preso nesta quarta-feira, dia 08 de junho na localidade de Logradouro, no município de Porto do Mangue pela equipe do Cabo Liomar e o Soldado Rogério, do Destacamento de Polícia de Ponto do Mangue, ligado ao 2º Batalhão de Mossoró. Ele não explicou por que estava com a arma utilizada para matar Milton. A polícia encontrou no Banco Nacional, um Mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, Vara de Execução Penal da Comarca de Mossoró, em seu desfavor. Os procedimentos foram realizados na Delegacia de Plantão em Mossoró e ele deverá ser conduzido para um dos presídios do estado.

Foto: O Câmera