Política

Atualizado quarta-feira, 08/06/2016 |09:06

Movimento Brasil Livre esteve na câmara de Mossoró pedindo a revogação do aumento salarial dos vereadores

Os vereadores resistem à ideia afirmando que o reajuste dos subsídios foi necessário


Uma comitiva de jovens ligados ao movimento Brasil Livre compareceu ontem, terça-feira, à sede do Poder Legislativo municipal de Mossoró, apresentando o pleito pela revogação do aumento salarial dos parlamentares-mirins daquela cidade. Os vereadores resistem à ideia afirmando que o reajuste dos subsídios foi necessário. Artur Paiva, que é membro da coordenação do Movimento Brasil Livre, afirmou em entrevista que as manifestações continuarão caso os legisladores não recuem na majoração de seus proventos mensais. Logo no começo da sessão plenária os estudantes protestaram com manifestações verbais e a apresentação de faixas e cartazes nas galerias da câmara municipal. Com tal fato, a mesa diretora decidiu interromper a sessão. Foi quando o presidente da Casa, vereador Jório Nogueira, PSD, chamou os representantes dos grupos que protestavam para uma reunião em seu gabinete. O presidente do Legislativo mossoroense se reportou acerca do contato com os manifestantes.