Saúde

Atualizado sábado, 21/05/2016 |10:11

Fumacê começará a circular pelas ruas de Assú na próxima segunda-feira

A orientação a população é manter as portas e janelas abertas no momento em que o fumacê estiver passando na rua para que o inseticida atinja os mosquitos que em alguns casos estão no interior das residências


A partir da próxima segunda-feira, 23 de maio na parte vespertina do dia estará circulando pelas ruas da cidade de Assú, uma Unidade de Borrifação Veicular (UVB), veículo conhecido popularmente como fumacê. A informação foi dada em entrevista ao Jornal da Manhã da Rádio Princesa do Vale neste último sábado dia 21 pelo prefeito Ivan Lopes Júnior (PROS) e confirmada pela secretária de saúde do município Lucianny Edja Guerra de Massena.

O roteiro contendo as ruas e os bairros por onde o veículo irá passar ainda não foi divulgado. De acordo com a titular da pasta de saúde local, a ação é fruto de uma parceria entre a gestão municipal e a Secretaria do Estado da Saúde Pública (SESAP) por intermédio da II Unidade Regional de Saúde Pública (URSAP) sediada em Mossoró destacando que vários ofícios foram enviados desde o ano passado pela gestão local solicitando esse serviço.

O coordenador do setor de dengue e endemias da II URSAP, Lázaro França explicou que a destinação de um fumacê para uma cidade depende de uma série de fatores os quais devem ser levados e conta. Dentre estes fatores ele cita como exemplo o alto número de notificações de dengue e/ou outras doenças causadas pelo Aedes aegypti. Segundo ele cabe aos municípios por meio das suas respectivas secretarias de saúde enviar as notificações para a URSAP que remete para a SESAP, cabendo a esta baseado nos dados recebidos determinar se há ou não necessidade do envio de um ou mais carros fumacê.

A orientação a população é manter as portas e janelas abertas no momento em que o fumacê estiver passando na rua para que o inseticida atinja os mosquitos que em alguns casos estão no interior das residências.

Ainda sobre as UBVs na última quarta-feira, dia 18 o deputado estadual George Soares (PR), apresentou requerimento na Assembleia Legislativa do RN, pedindo ao superintendente da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), Antônio Barbosa, um carro fumacê para ajudar a combater, na cidade do Assú, o mosquito que transmite doenças como a dengue, a chykugunya e a Zika. A notícia foi divulgada por meio da assessoria de comunicação social do parlamentar republicano. Segundo a fonte o pedido se deu em virtude da sua preocupação com a incidência das doenças transmissíveis pelo mosquito Aedes aegypti, de forma mais acentuada no interior do Estado, onde o inseto encontra com maior facilidade os meios favoráveis à sua reprodução.