Atualizado sábado, 28/05/2016 |12:12

Comunidades Terapêuticas atuam na recuperação de dependentes Químicos


Detalhes com a repórter Tahysa Nunes em sua primeira intervenção agora no Jornal da Manhã.

Em Assú existe a Comunidade Terapêutica Esperança que é administrada pela II Igreja Batista da Convenção e tem a sua sede administrativa no Conjunto Janduis. A entidade também dispõe de uma sede campestre que se localiza na comunidade rural do Cuó em Ipanguaçu. Em contato mantido com a nossa redação a assistente social Cintya Kariedja Almeida da Costa Alves, destacou que desde o mês passado vários dependentes químicos estão sob os cuidados da entidade em tratamento. Cintya Kariedja ressaltou que todo o processo de triagem é realizado na sede administrativa, nas segundas, quartas e quintas-feiras, no horário das duas as cinco da tarde. Ela também convocou a sociedade assuense para fazer parte desse projeto e ajudar a escrever uma nova história na vida das famílias que tem sofrido com esse grande mal provocado pelas drogas. Ela enfatiza, famílias por entender que o processo de dependência química não afeta só os usuários de drogas, mas também aqueles que fazem parte da sua convivência.

Florencio Neto

Florencio Neto

Titular do Programa ''Forrozão do Senador'' na Rádio Princesa do Vale. Horários; Das 16h às 18h - de Segunda à Quinta. Das 16h às 17h - nas Sextas.
http://radioprincesadovale.com