Opinião

Atualizado segunda-feira, 04/01/2016 |08:53

Presidente do CBH-PPA externa o seu ponto de vista sobre proposta de venda da Caern

Procópio Lucena se posicionou de forma contrária a tal possibilidade


A sugestão feita pelo presidente do Tribunal de Justiça do estado, desembargador Cláudio Santos, numa entrevista prestada ao jornal Tribuna do Norte, incluindo a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte, CAERN, entre os ativos que poderão vir a ser comercializados a fim de fazer caixa para repor os recursos do Fundo Previdenciário dos Servidores do estado, o FUNFIR, mereceu reações contrárias. Uma delas foi a do presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó-Piranhas-Açu, CBH-PPA, José Procópio do Lucena. E ele reiterou sua posição divergente à tese lançada pelo presidente do Poder Judiciário potiguar numa entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã.