Saúde

Atualizado sábado, 12/12/2015 |09:51

Responsável pela área de endemias diz que ação preventiva resultou em grau de infestação zero do mosquito da dengue

É zero o índice de infestação predial do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, da febre amarela e, agora, do zika vírus e o chinkungunya, de acordo com Neto Muriçoca


Responsável pelas ações de prevenção e combate às doenças endêmicas, na esfera da Secretaria Municipal de Saúde, da prefeitura de Itajá, o servidor federal Francisco Neto de Oliveira, ‘Neto Muriçoca’, declara que, em virtude do que foi realizado na cidade pelas equipes de endemias, Itajá experimenta uma realidade invejável: é zero o índice de infestação predial do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, da febre amarela e, agora, do zika vírus e o chinkungunya. Em entrevista prestada ao Jornal da Manhã, ‘Neto Muriçoca’ se reportou sobre tal quadro.