Maresia

Atualizado quarta-feira, 09/12/2015 |15:46

Justiça mantém prisão de prefeito suspeito de desvios em Macau

A pedido do Ministério Público, por estar interferindo nas investigaçãoes, Kerginaldo foi preso no último dia 27. O prefeito encontra-se preso no Comando Geral da Polícia Militar, localizado na capital Potiguar, Natal.


Foi mantido pelos desembargadores que integram o Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, a prisão cautelar de Kerginaldo Pinto do Nascimento, prefeito da cidade de Macau. Ele foi afastado do cargo no último dia 13 de novembro durante a execução da operação do Ministério Público Estadual, Maresia.

A pedido do Ministério Público, por estar interferindo nas investigações, Kerginaldo foi preso no último dia 27. O prefeito encontra-se preso no Comando Geral da Polícia Militar, localizado na capital Potiguar, Natal.

A operação Maresia tem o objetivo de investigar crimes contra o patrimônio público no município de Macau. Kerginaldo Pinto é suspeito de participar de um esquema de superfaturamento de contratos.

Juliano Lima

Jornalista trabalhou vários meios de comunicação no Brasil e hoje é repórter da Rádio Princesa do Vale e editor do Jornal da Manhã.
http://www.radioprincesadovale.com