Tribunal do Júri

Atualizado terça-feira, 15/12/2015 |18:06

Em Assú homem é condenado há oito anos de prisão em regime semiaberto por dupla tentativa de homicídio

O fato em questão segundo o registro da polícia verificou-se na noite de 28 de junho do ano passado em uma lanchonete nas proximidades da Sede dos Escoteiros no Centro de Assú


A pauta de sessões do Tribunal do Júri Popular (TJP) que acontece nas dependências do plenário da Câmara Municipal do Assú está entrando na sua reta conclusiva. Previsto para se encerrar na próxima sexta-feira, dia 18 as sessões realizadas até o momento terminaram com as condenações dos quatro réus que tiveram os seus atos julgados pelo Conselho de Sentença com base nas acusações feitas pelo Ministério Público, que por sua vez se firmou nos inquéritos os quais foram dados andamento pela Polícia Civil. Nesta terça-feira, foi julgada a Ação Penal nº 0102243-93.2014.8.20.0100 – Capitulação: artigo 121, § 2º, II e IV, c/c artigo 14, II (duas vezes), c/c artigo 73, todos do Código Penal Autor o Ministério Público – tendo como acusado Izac Rodrigues da Silva, e vítimas José Ricardo da Silva e João Valdeir de Oliveira. Na defesa do réu atuou a advogada Ana Paula da Costa Pereira, (OAB/RN 7406).

O fato em questão segundo o registro da polícia verificou-se na noite de 28 de junho do ano passado em uma lanchonete nas proximidades da Sede dos Escoteiros no Centro de Assú. Na ocasião segundo a polícia Izac Rodrigues atentou contra a vida de José Ricardo e João Valdeir atirando contra ambos. Sua prisão se deu em 23 de agosto por outro delito; direção perigosa.

Os policiais do Grupo Tático Operacional (GTO) informaram que a captura se verificou na comunidade rural de Baviera e na ocasião Izac também portava uma pequena quantidade de entorpecentes. No julgamento deste dia 15 de dezembro Izac Rodrigues foi condenado há 8 (oito) anos de prisão em regime semiaberto.

Foto: Força Tática.