TARIFAS

Atualizado terça-feira, 15/12/2015 |17:41

Aneel propõe criar mais uma faixa de cobrança no sistema de bandeiras tarifárias

Segundo a Aneel, a medida daria maior flexibilidade e aderência frente às variações dos custos de geração de energia.


O sistema de bandeiras tarifárias, que permite o repasse mensal dos custos extras da geração de energia térmica para as contas de luz do consumidor, poderá sofrer mudanças a partir do ano que vem. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) está propondo que seja criada mais uma faixa de cobrança, para adaptar os valores cobrados ao custo real da geração de energia.

Atualmente, as faixas de acionamento são bandeiras verde (sem custo extra), amarela (custo de R$ 2,50 a cada 100 kWh consumidos) e vermelha (de R$ 4,50 a cada 100 kWh). A proposta em audiência é que a bandeira vermelha passe a ter dois patamares a partir de fevereiro de 2016. Segundo a Aneel, a medida daria maior flexibilidade e aderência frente às variações dos custos de geração de energia.

Juliano Lima

Jornalista trabalhou vários meios de comunicação no Brasil e hoje é repórter da Rádio Princesa do Vale e editor do Jornal da Manhã.
http://www.radioprincesadovale.com