Aos 70 anos

Atualizado quinta-feira, 14/07/2016 |17:41

Morre o cineasta Hector Babenco

Segundo a Folha de S.Paulo, ele foi vítima de uma parada cardíaca


O cineasta Hector Babenco morreu, aos 70 anos, na noite da última quarta-feira (13), segundo a Folha de S.Paulo.

De acordo com a publicação, que conversou com a ex-mulher de Babenco, Raquel Arnaud, ele sofreu uma parada cardíaca e faleceu por volta das 23h.

O argentino, que era radicado no Brasil e foi casado com Bárbara Paz, se consagrou como um dos maiores cineastas do País, com um a carreira sólida e brilhante, que incluía O Beijo da Mulher-Aranha (1985), Pixote: A Lei do mais Fraco (1981) e Carandiru (2003).

Em 2015, Babenco lançou seu último filme, chamado Meu Amigo Hindu, que contava a história de um cineasta e trazia Willem Dafoe como protagonista.